quinta-feira, 28 de abril de 2011

Salvando uma Vida





Quantas pessoas você ajudou hoje?
Quantas pessoas você negou ajuda hoje?
Quantas pessoas você ofereceu a sua ajuda hoje?
Quantas vezes na sua vida você se colocou a disposição de Deus para ser útil a quem precisa de você?

A verdade é que existem pessoas do nosso lado, precisando de nós. Na sua escola, emprego, igreja. Pessoas se suicidam todos os dias, e talvez ninguém faça nada para impedir ou ajudar. Pessoas estão trancadas dentro de casa nesse exato minuto chorando e precisando de uma palavra sobre Cristo, e você está acomodado na sua TV. Pessoas passam por nós todos os dias, e nós não fazemos nada por elas. Se sentem tristes, rejeitados, excluídos, abandonados, sem amigos, motivações, sem perspectiva de vida, enquanto você delimitou a sua roda de amigos, fechou à sua panela nos ambientes sociais que você convive. Enquanto aquele rejeitado pelos grupos, humilhado nos corredores de escolas, na maioria das vezes fica sozinho e solitário no intervalo por que o nosso egoísmo o coloca no canto.
   A maioria das pessoas que não conhecem Jesus passam por isso. E você que conhece Ele e diz ter um relacionamento com Ele, vai aos cultos, canta e até prega na igreja, mas não doa o seu amor pelos que não descobriram um sentido na vida.  Onde está depositado o AMOR que Cristo tanto pregou? Onde está o AMOR que Cristo nós ensinou? Porque não queremos sermos como Ele ou pelo menos não tentamos?
Todos os dias centenas de estudantes sofrem humilhações das mais variadas formas. E diante desse sofrimento que parece não ter fim, mergulham na depressão e solidão. Quem pode ajudá-los? Quem irá entregar uma palavra de consolo? É tempo dos cristãos se levantarem como corpo de Cristo e agir. Podemos mudar o roteiro de muitas histórias. Cristo nós deixou uma missão

Sinceramente não sei explicar muitas coisas... Mas eu escolhi fazer a diferença...
É hora de você também se alistar na Revolução do Amor....
Ele é o principio de tudo!!!
“...Procurem em todas as ocasiões fazer o bem uns aos outros e também aos que não são irmãos na fé.”  (1° Ts 5:15b)

Lorena Ingrid